terça-feira, 29 de janeiro de 2008

CAMPANHA ÚhN!CO - PROCURA-SE UM SUPER HERÓI!!!




Quem assistiu o Jornal Nacional onten e prestou atenção viu a materia sobre a criança Kauan de dez meses de idade e tem a vida por um fio. Kauan sofre de uma forma rara e perigosa de leucemia. “A gente faz quimioterapia só para estabilizar o estado dele. Mas não adianta. O que vai curar mesmo é o transplante”, disse o pai de Kauan, Sérgio Drabavicius.

O problema é achar um doador de medula óssea. Na família, ninguém é compatível. Restam os bancos de medula, onde a probabilidade é de apenas uma chance em cem mil.

Para ver a matéria completa segue o link
href="http://jornalnacional.globo.com/Jornalismo/JN/0,,AA1670827-3586-782525,00.html">

Bom pessoal...o Transplante de Medula Óssea é a ÚhN!C4 esperança de cura para muitos portadores de leucemias e algumas outras doenças do sangue... não doi nada... nadinha.
Eu já doei várias vezes... eu tenho um filho de dois anos e meio e me vi nessa situação que os pais do Kauan estao passando... então eu venho a partir desse meio de comunicação pedir para todos os blogueiros e visitantentes do ÚhN!CO para que fassa esse gesto de solidariedade e de amor ao próximo.
é só dar um pulinho na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo para doar medula para o pequeno Kauan, e c por acaso a medula nao for caompativel pra ele sera para outra pessoa.

E só chegar lá e falar q vc´s ficaram sabendo da historia dele e pronto 15 minutinho e vc poderá ter salvo a vida dele. Essa semana estarei indo pra São Paulo e vou comparecer por lá... quem quiser entre em contato e poderemos ir todos juntos...MSN thipf@hotmail.com seria uma ação bem legal, Ok.

Fora isso amigos Blogueiros por favor divulguem em seus Blogs,Orkut,Flogs etc etc essa Informação...

Muito Obrigado a todos... e vamos torcer para q a vidinha do Kauan seja salva.. e claro de todos os q estao precisando do transplante.

Muito Obrigado.

Thiago - vulgo ÚhN!CO.

PS: IRMANDADE DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SÃO PAULO 2007
Rua Cesário Motta Júnior, 112 - Vila Buarque - Telefone: (0xx11) 2176-7000

Esqueci o Link (Uuuuuh Burro)

Ok Ok... correria danada... mudança... a Agencia vai para um lugar muito melhot puta casona... enfim.. "progressio"... por isso.. onten atualizei aki rapidinho e acabei esquecendo de colocar o Link do Criativo de Galochas... foi Mal(u)...rs (nunca lembro c nesse caso é com l ou com u... enfim taí o link.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Lançado o Universo da Blogosfera no espaço!




O Universo da Blogosfera reúne para você, criativo internauta, os melhores e mais interessantes blogs e sites de cada sistema estelar da web: humor, tecnologia, vídeo, desenho animado, download, diário virtual, atualidade, game, política, mulher, entretenimento, fotografia, informação, diversão e muito mais.

Foram escolhidos 82 astros pelo Criativo! Os sites "especiais e espaciais" que estão nessa aventura, são:

A Banda Podre : Acidez Mental : Ah!Tri, Né! : Ao mirante, Nelson! : Arquivo3x : Bem Legaus : Blosque : Boa Campeão : Bobagento : Bola nas Costas : Business Opportunities Brazil : Brogui : Caixa Pretta : Capinaremos : Casa 101 : Catarro Verde : Cocada boa : Copi Cola : Corto, cabelo e pinto : Criativo de Galochas : Danosse : Desventuras em séries : Digital Drops : Dona Pedrinha : Download Criativo : Ela tá de xico : Eu capricho : Garotas que dizem ni : Inovavox : Inséte : Irmãos Bacalhau : Irmãos Brain : Já viu? : Jacaré Banguela : Jesus me chicoteia : Jogando a bandeja : José Simão : Jovem Nerd : Judão : Kibando e Andando : Kibeloco : Ligeirinho : Lista 10 : Manual do cafajeste para mulheres : Marcus Vinicius Pavan : Meio Bit : Mente Insana : Meu Papagaio : Morróida : Mortandela Frita : Mundo Tecno : Nadaver : O Sanitário : O Senhor dos pastéis : Ora pois : Oras bolas! Mas que Diabos : Os 13 Fantasmas : Pavan Fotografia : Pensar enloquece. Pense nisso : Perolas Políticas : Pica-Pau Brazil : Pilândia : Piratas da Web : Querido leitor : Saiu gosminha : Sedentário e Hiperativo : Siriloko : Sorbato de potássio : Substantivolátil : Tarja preta : Teobaldo hp : Teste Sexy : Tigre de muleta : Tio Jedi : Treta : Tudo junto separado : Uhnico : Uhull SA : Uma dama não comenta : Video Criativo : Video Criativo Production : Virtual Entrepreneur

Informo, com profundo pesar, que o astro Eu Hein foi engolido por um buraco negro e não se encontra mais na web. Que Yoda o acompanhe!

Espero que você, internauta criativo, goste da brincadeira e os colegas de cyber space retribuam a gentileza com um link para o Criativo de Galochas. A força está com você! Acredite!

Para viajar pelo Universo da Blogosfera, CLIQUE AQUI.


PS:Parabens ao Criativo pela iniciativa... ficou show de bola!!!

Conheça as Agencias por dentro...



Existe um blog (www.aintnodisco.com) que a intenção é mostrar como são as agências - por dentro - do mundo inteiro.

Muito legal, existem algumas agências brasileiras no blog.

Vale a pena dar uma visitada. Dá mais vontade de continuar nesse ramo e ir visitando as agências pelo mundo...

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA É ISSO



Felizmente nem todo mundo tá cagando para os graves problemas ecológicos do nosso planeta... é o caso deste consciente cidadão que compensou a emissão de poluentes de seu automóvel plantando uma árvore na caçamba. E você, o que anda fazendo pra salvar o mundo?

Dica ÚhN!CO... ops ÚhN!C4... de DVD Pornô

Quem é vc no South Park?

Mais um teste divertidinho pra vc fazer.. e ai.. arrisca?!








quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

O Exterminador... de mulatas!

video

Há muito tempo num passado distante... quando o governador da Califórnia era Mister Universo... ele visitou o Rio de Janeiro durante o carnaval para mostrar as atrações da cidade. Mas esse vídeo bem que podia ser o começo de um filme erótico da década de 70...

Porém, todavia, contudo, entretanto, não obstante, datavênia me diga... qual é o ponto alto do vídeo? Arnold Schwarzenegger catando as mulheres no colo, metendo a mão nas mulatas ou proporcionando a incrível chupada na batata frita?

AO som de LYNYRD SKYNYRD - That´s How I Like It (Fooooooooooooooooooooooooda)

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Nova sessão: EM ALGUM LUGAR DA INTERNET...




Cuidado vc pode ser o próximo!

Hoje em dia prega-se a liberdade de expressão, a conquista do direito de poder falar e pensar conforme os próprios conceitos, sem a necessidade da justificativa.
Mas o que vemos é que, cada vez mais, a liberdade cria censura.
Não se pode mais pensar sobre o que quiser e expor tal pensamento sem que venha um ou outro para julgar, condenar, difamar.
O ideal de liberdade está muito aquém do que ela é, atualmente.
Acho que, justamente pela banalização dela, todos se tornaram censores e artistas, ao mesmo tempo.
O que é isso?!
Se não entende, não diga nada. Cale-se e deixe que alguém se expresse, sem crucificá-lo por isso. Se você não concorda, releve, porque conceitos, opiniões e gostos não se discutem.
Não difamem, unindo-se a outros que compartilham da sua opinião para desvalorizar o que alguém disse, e, acima de tudo:

cuide do seu nariz.

Esse é um pedido encarecido de uma pessoa que vê gente cada vez mais hipócrita metendo o bedelho na vida e escolhas dos outros e acha que isso está errado.

Texto by: http://www.fotolog.com/jessicarox/24121876

veja o trabalho dela(vale apena)... aki -----> http://www.flickr.com/jessicarox

Éh isso aí!

O q será q vem por aí?!




Extra! Extra! O plantão Criativo de Galochas informa: preparem-se todos! Em breve, entraremos em contagem regressiva para um super lançamento na blogosfera!

Aguardemmmmm!

PS: O que será que o Criativo irá aprontar desta vez?

Nós do ÚhN!CO estamos no meio...huuuummm...q será q vem por ai?!

Veja o Blog Criativo ----> http://criativodegalochas.blogspot.com

Dica ÚhN!CO... ops ÚhN!C4




O clássico espetáculo musical gaúcho Tangos e Tragédias, sucesso desde 1984, lança dia 10 de dezembro seu primeiro DVD. A produção foi gravada em 2004, durante uma apresentação histórica de comemoração dos 20 anos da peça, reunindo 20.000 pessoas na Praça da Matriz, em Porto Alegre. O espetáculo - protagonizado por Hique Gomez e Nico Nicolaiewsky, respectivamente Kraunus Sang e o maestro Plestkaya - já passou pelos mais importantes teatros do Brasil e países como Argentina, Equador, Colômbia, Espanha e Portugal, sendo visto por mais de um milhão de pessoas. Em Porto Alegre, lota o Theatro São Pedro durantes as temporadas de verão desde 1987, embalando fãs ao ritmo dos hilários sucessos trazidos da Sbornia como a dança do Copérnico e Aquarela da Sbornia. Produzido pela Zeppelin Filmes, o DVD tem direção geral de José Pedro Goulart e direção de Rodrigo Pesavento e Marcelo Nunes. Os extras apresentam uma das divertidas entrevistas da dupla ao programa de Jô Soares, versão comentada do espetáculo e outras surpresas. Uma curiosidade é que além de português, inglês e espanhol, o DVD tem a opção de legenda em 'sborniano', língua da terra natal dos personagens.

Vale a pena!!!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Quem é vc no Chaves?

A primeira de uma série de Testes... e ai vai arriscar?








quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Lista de coisas pra você fazer em 2008 ou dizer que tentou...



Como 2008 ta fresquinho ainda...da tempo de presentear com uma lista de coisas pra você fazer em 2008 ou dizer que tentou... e não esqueça "QUANDO COMEÇAR O BIG BROTHER MUDE DE CANAL E ASSISTA (TODO SEU)..OK?"

1. Entrar numa academia.
2. Parar de fumar.
3. Parar de mentir
4. Os três ao mesmo tempo.
5. Acreditar na política brasileira.
6. Acreditar que os comentários do Jabor são pensados para o povo brasileiro.
7. Ver a esperança onde ela não está.(?)
8. Falar “ eu te amo “ de verdade.
9. Fazer séquiço com “ amor”.
10. Fazer séquiço “sem “ amor.
11. Não subornar o guarda.
12. Subornar todos os guardas possiveís mesmo que seja por puro exercício.
13. Arranjar um cachorro vira-lata.
14. Dar comida para o cachorro vira-lata.
15. Assistir mais desenhos animados
16. Rir de comédias sem medo de parecer ridiculo.
17. Desligar o computador uma hora antes.
18. Ir ao bar uma hora antes.
19. Chegar em casa uma hora depois.
20. Não levar desaforos para casa.( a não ser que você não more em uma).
21. Conseguir cumprir “uma” promesa de ano novo.
22. Visitar este blog uma vez por dia ao menos.
23. Ser menos ingênuo(a)
24. Ser mais ingênuo(a)
25. Ficar menos tempo no banheiro.
26. Aprender que pelo menos “molhar cabelo”.
27. Aprender uma lingua.
28. Prender uma lingua!
29. Não roubar esmolas do ceguinho
30. Devolver todos os cds emprestados.
31. Mentir que achou demais a trepada.
32. Morder o cachoro do vizinho que latiu para você o ano todo.
33. Falar que odiou a trepada!
34. Não bater mais na mãe
35. Acreditarei que o Clodovil vai engravidar esse ano.
36. E que as pessoas são felizes...
37. Este ano vou ganhar algo no carnê do Baú.
38. Vou falar para todo mundo que o machão da academia gosta de homem.
39. Vou engravidar.(só vale para as mulheres).
40. Falar mais besteiras e comer mais porcarias( não vale para pessoas)
41. Lavar os cantinhos do azulejo do banheiro com uma escova de dentes.
42. Não me esconder quando chegar visitas em casa.
43. Comer na mesa.
44. Não atacar as pessoas onde quer que seja...

e aí vai arriscar alguma?

PS:Faltou uma... não tire a camisinha do pipi... ou plastifique o pipi de uma vez... e menininhas sempre ande com camisinhas na bolsa... pq ele nunca vai ter uma e pode ter certeza q ele não vai plastificar o pipi)

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Campanha Mude de Canal




TODO SEU -UM CATALIZADOR DA FAMILIA BRASILEIRA... mude vc tb de canal... eu mudo.

Para saber mais sobre o Programa acesse o link do programa:

http://www.tvgazeta.com.br/todoseu/

Participe da campanha e coloque o banner no seu blog,orkut e mande para os amigos.


...no mais... querem show de realidade, reality show? Pois aqui vai um post, com todas as suas dúvidas... informe rascunho...texto sujo... tudo que me passar pela cabeça enquanto escrevo... será a verdade de minha mentira ou a mentira de minha verdade?

Deixa eu ver... Nelson Rodrigues dizia que a novela era importante para satisfazer nossa fome de mentiras... o show de realidade é para satisfazer nossa fome de verdade. O Paulo Emílio, o grande crítico de cinema, dizia que vamos ao cinema como ao bordel - em busca de ilusão...

É isso aí... só que a televisão não é no escurinho do cinema... que tem algo de secreto, de fuga, algo que ficou no fundo dos anos 30-40... Não; a TV é com luz acesa, a TV é uma vitrine na tua sala... com ofertas de sabonete e de amores... TV não vende ilusão; vende desejos e os desejos crescem...

A ficção, no cinema e na TV, não está dando conta do horror da realidade, do real-espetacular de hoje... que filme teve mais impacto que o reality show do Osama Bin Laden no dia 11 de setembro? Nunca a ficção foi tão real... as notícias e a ilusão se uniram em quatro aviões caindo do céu americano, porque, como sabemos, a TV é dividida em dois mundos: "The news is bad, the ads are good", como disse alguém... (Quem? McLuhan, Daniel Bell? "As notícias são más, os anúncios são bons" - (NB: 'news' é singular mesmo...) Naquele dia... o sonho explodiu... naquele dia, descobrimos que a realidade não estava morta e que ela se movia com o timing ideal dos filmes... e tudo num curta-metragem de 20 minutos.

Portanto, depois do 11 de setembro, como 'entreter', como fazer um desgraçado esquecer do mundo que estoura lá fora, que ilusão se pode ter, quando o horror não te deixa dormir no sonho e na mentira? E não só os deliciosos horrores que te satisfazem o rancor... mas também que ilusão te aquecerá para você esquecer o que viu na TV... a maravilha que poderia ser tua vida, quando você é apenas um excluído, sem grana para pagar um reles tênis ou uma sórdida geladeira?...além disso, nos dias de hoje, você não se deixa mais enganar com musicais românticos... aí, Hollywood saca isso e resolve te dar mais "entretenimento", aumenta a dose da droga, mais na veia... mais... e porradas a granel e efeitos especiais e mais sexo, sexo, sexo... Mas, não adianta muito, porque... até onde pode ir um filme pornográfico, até onde?Até o interior do corpo... até o intestino pelo olho do ânus... pelas vaginas a dentro para achar a alma? E você também não tem como comer aquelas gatas de seios siliconados... musas virtuais(horrorosas na minha opinião)... e tuas punhetas se encerram num triste jato de nada na mão molhada e cansada...babaca!

No meu delírio teórico, eu pensei: "Ahh... o reality show atende a um desejo do homem comum de ver a própria concepção, a 'cena primária'... como dizem os psicanalistas... ver pelo buraco da fechadura... edipicamente, papai e mamãe transando na cama.

Mas, não. É mais que isso velhinho... isso apenas 'faz parte'... você quer mesmo é invadir a TV como os assaltantes invadem uma casa. Você quer ver o que acontece no mundo dos que amam... dos que consomem... dos que existem. Você quer 'ver'... não sabe bem o quê ainda, mas quer ver o que te escondem... ver algo que te é negado. Você quer estar onde tem tudo: iogurte, carro do ano,cerveja com mulher boa, carros sport, luxo no shopping virtual da tela, você quer morar lá dentro como uma rosa púrpura do Cairo.

Mas... aí, você bateu na tela de vidro e não entrou... na emissora o porteiro te barrou, e você viu que teu sonho era impossível... foi então que as televisões do mundo perceberam tua desesperada vontade de existir e te disseram: "Você pode entrar se for selecionado e sair daqui com corpo e alma, com identidade, você pode nascer como o Bam Bam nasceu para a vida!" o reality show é o quebra-galho do sonho do socialismo que morreu... onde todos seríamos multidões cantantes. O reality show é democracia de massas cobrando ingresso.

Aí a Globo mostrou a aura que pode aflorar de anônimas e banalíssimas pessoas... pfff!
Aí você vai correndo pra frente da TV ver uma beleza que vai aparecendo na convivência de gente boba como você... gente que chora sem motivo... gente que fala com boneco... gente que vomita. Mais do que ver 'sacanagem' ou 'cena primária'... você descobre (e as TVs também) que quer ver o vazio, o nada do cotidiano, descobre que quer o alívio da informação e o vazio da verdade... a verdade é vazia, não-transcendental... a verdade está na pausa, no tédio, na falta de assunto... você quer o alívio do nada.

O sucesso do Big Brother esteve na verdade que se infiltrou quando nada acontecia, entre os momentos em que mentirosamente eles fingiam sofrer ou amar... O sucesso se deveu ao nada... ao tempo morto. Ali... no irrelevante, arde uma verdade profunda, sem nome, sem efeitos... naqueles instantes... nasce alguma coisa que se parece com tua vida. Você quer ver o que acontece quando nada acontece... na verdade, você quer ver quem é você... Qual será tua próxima fome?

Estamos virando a ficção



Assistindo a essas reportagens sobre o crime organizado em todos os tele - jornais que assisto... O que me espanta é que a gente se espante.... há uma normalidade profunda na vida desses traficantes e suas ligações com a policia. Por que nos espantamos? É tudo tão normal, tão previsível...

É preciso que os poderes parem de considerar o tráfico apenas um caso de polícia... A tese é assim: o traficante é um homem que caiu em pecado, transgrediu a lei e tem de ser punido pelos homens de bem. Isso é apenas a metade da verdade... as velhas verdades não bastam mais... novos conceitos têm de surgir para dar conta dos fatos novos.

O mundo do tráfico, do crime nas periferias, já é um novo país, uma nação desgraçada onde o ÚhN!CO comércio lucrativo é o pó... esse país tem leis próprias, moral própria, associações entre pobres de farda e pobres no crime... a solução só poderá vir pelo reconhecimento desta nova pátria miserável...

Ou pela legalização das drogas, ou então por uma guerra profunda, feita de armas, fronteiras vigiadas e mais importante: o saneamento da miséria. Porque a verdade é que esse novo país está virando a realidade... e nós estamos virando a ficção.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Q todos os casais leiam por favor...




"Por mais que o poder e o dinheiro tenham
conquistado uma ótima posição no ranking
das virtudes, o amor ainda lidera com folga.

Tudo o que todos querem é amar.

Encontrar alguém que faça bater forte o
coração e justifique loucuras.

Que nos faça entrar em transe, cair de quatro,
babar na gravata.

Que nos faça revirar os olhos, rir à toa,
cantarolar dentro de um ônibus lotado.

Depois que acaba esta paixão retumbante,
sobra o que? O amor. Mas não o amor
mistificado, que muitos julgam ter o poder
de fazer levitar.

O que sobra é o amor que todos conhecemos,
o sentimento que temos por mãe, pai, irmão,
filho. É tudo o mesmo amor, só que entre
amantes existe sexo.

Não existem vários tipos de amor, assim como
não existem três tipos de saudades, quatro de
ódio, seis espécies de inveja.

O amor é único, como qualquer sentimento, seja
ele destinado a familiares, ao cônjuge ou a Deus.

A diferença é que, como entre marido e mulher
não há laços de sangue, a sedução tem que ser
ininterrupta. Por não haver nenhuma garantia de
durabilidade, qualquer alteração no tom de voz
nos fragiliza, e de cobrança em cobrança
acabamos por sepultar uma relação que poderia
ser eterna.


Casaram. Te amo prá lá, te amo prá cá. Lindo,
mas insustentável. O sucesso de um casamento
exige mais do que declarações românticas.

Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto, tem que haver muito mais do que amor, e às vezes nem necessita de um amor tão intenso.

É preciso que haja, antes de mais nada, respeito.
Agressões zero. Disposição para ouvir argumentos alheios. Alguma paciência.

Amor, só, não basta.

Não pode haver competição. Nem comparações.
Tem que ter jogo de cintura para acatar regras
que não foram previamente combinadas.

Tem que haver bom humor para enfrentar
imprevistos, acessos de carência, infantilidades.

Tem que saber levar.
Amar, só, é pouco.
Tem que haver inteligência.

Um cérebro programado para enfrentar
tensões pré-menstruais, rejeições, demissões
inesperadas, contas pra pagar.

Tem que ter disciplina para educar filhos, dar
exemplo, não gritar. Tem que ter um bom psiquiatra. Não adianta, apenas, amar.

Entre casais que se unem visando a longevidade
do matrimônio tem que haver um pouco de
silêncio, amigos de infância, vida própria, um
tempo pra cada um. Tem que haver confiança.
Uma certa camaradagem, às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou.
É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão.
E que amar, "solamente", não basta.

Entre homens e mulheres que acham que o amor
é só poesia, tem que haver discernimento, pé no
chão, racionalidade. Tem que saber que o amor
pode ser bom, pode durar para sempre, mas que
sozinho não dá conta do recado. O amor é grande
mas não é dois.

É preciso convocar uma turma de sentimentos
para amparar esse amor que carrega o ônus da
onipotência. O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.

Um bom Amor aos que já têm!
Um bom encontro aos que procuram!
E felicidades a todos nós!"

A Copa do mundo é nossa!


Não sou daqueles q amaldiçoam a escolha do Brasil p/ sede da Copa d 2014 (Copa d 14, p/ os íntimos)... sendo o maior evento esportivo do planeta, do sistema solar e - por que não? - da galáxia... a Copa terá como efeito inevitável a aceleração d um igualmente inevitável processo d desenvolvimento sócio-econômico brasileiro deste país... E, pelo q sei, o $ q vai à Copa, em tese, não é o $ q vai (ou fica pelo caminho) p/ os gastos públicos essenciais...

D outro lado, o oba-oba inconseqüente e o ufanismo: “Faremos a melhor Copa do Mundo do mundo!” (com o perdão da redundância) “É só reestruturar os aeroportos, os portos, as estradas, o transporte público, a rede hoteleira, educar o povo, conter a miséria e a violência!” Algo q se tenta no Brasil (ou não) desde 22 d abril d 1500...  

A indagação relevante é: como evitar q a Copa d 14 vire um trem da alegria p/ paspalhões ou pq não fanfarrões d uma ova?! Como diria Onofredo Rosemiro, “Precisamos conseguirmos começarmos a procurarmos tentarmos monitorarmos” a lisura do processo em termos esportivos e organizacionais p/ evitar aberrações como as do Pan 2007 (Rio pra não chorar). E a escolha das sedes deveria ser feita com critérios claros, d forma transparente, desencorajando os panacas d uma figa q se dobram às vontades da CBD... do fofo Ricaço Peixeira, a troco d bananas.

Em outras palavras: q venha a Copa! Mas não me venham com essa conversinha-fiada d q “Uma CPI sobre a MSI poderia...você sabe...gerar algum tipo d desconforto junto à FOFA...afinal...ãããhn...o Joseff Blatter é suíço eee...todo suíço tem uma certa vocação pra bambi, concorda?!”

Excrusive pq... se quiserem tripudiar o Co-congresso (para-lamento da nação) vão ter q entrar na fila, atrás do Lula Lelé... ilustre ocupante do Palhaço do Pranalto, com seus tentáculos multiplicadores do bom e velho toma-lá-dá-cá. 

D resto, sem qq tipo d bairrismo ou personalismo, vejo 3 cidades aptas a sediar os principais jogos do mundial q quem viver verá: São Paulo, Rio d Janeiro e, é claro, Piracicaba...hihihi!!!

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Nobres representantes desta numerosa categoria d meliantes sociais.


Crescemos aprendendo q... diferentemente dos outros pobres seres vivos q compõem a fauna, somos animais racionais... a definição, é claro, inclui racionais passionais. Exclui, todavia, e com razão, aqueles incapazes d defender a própria sobrevivência.

Em um mundo q cada vez mais debate ... às vezes d forma construtiva, outras d modo apelativo/destemperado ... os desdobramentos das ações humanas sobre o meio-ambiente, vislumbro duas possibilidades p/ justificar q um indivíduo são e adulto ignore o ou despreze o tema... ou o (a) cara é absolutamente alienado (a), não lê jornal, não vê televisão e não conversa com ninguém, ou é um (a) paspalhão (ona) d um ova arrogante e petulante q simplesmente está k-gando e andando p/ a  (o) saúde do (da) planeta. Nos dois casos, falamos em pessoas irracionais, sem amor próprio e quase suicidas, pois desconhecem o mais primitivo instinto d existência...

Listemos... pois, alguns exemplos d nobres representantes desta numerosa categoria d meliantes sociais.
O porcalhão q joga lixo na rua, por exemplo. Zé do Caixão possivelmente diria: “Q o papel q ele jogou no chão entupa os bueiros fétidos da rua dele e q a casa dele seja alagada por uma enxurrada d ratos mortos, lama suja e gosmenta!”

Tem tb o microcéfalo da mangueira... Sem nada melhor p/ fazer, o infeliz se encarrega d banhar a calçada por horas a fio (a meio-fio), quiçá no intuito d saciar a sede do cimento... faço minhas as maldições construtivistas d Arnaldo Jabor: q os filhos do desgraçado morram d sede em um deserto inóspito e queimem no quinto dos infernos, sem acesso, sequer, a uma gota d groselha vitaminada milani! (yahúúú) E nem preciso dizer o q o apedeuta deveria fazer com a mangueira...

Sem falar naquele sujeito menos nocivo... mas igualmente desagradável, q joga tampinha no cinzeiro... O típico mocorongo q passa mto tempo vendo torneio d vale-tudo e não tem tempo p/ saber... por exemplo... q há cerda d 30 anos está em um curso um processo imprescindível à vida chamado reciclagem d lixo. Hãããrdt! O cara sabe até a cor da calcinha da cozinheiro do cunhado do lutador neozelandês d aikidô, mas ainda não foi informado d q uma coisa é o material orgânico (bituca d cigarro, cocô d cachorro, o céLebro dele...) e outra é o lixo reciclável (tampinha, lata, papel, panfleto da UNE...)

Que os cérebros reciclados se imponham diante dos céLebros orgânicos e garantam um futuro ligeiramente menos tenebrosíssimo p/ ambos...

Sexo (PARTE I)


Sexo?... o que?... hãã?... onde?... quanto?... ahh vá!?
...o amor tem jardim, cerca, projeto... O sexo invade tudo... Sexo é contra a lei, no fundo de tudo.... O amor depende de nosso desejo, é uma construção que criamos. Sexo não depende de nosso desejo... nosso desejo é que é tomado por ele. Ninguém se masturba por amor. Ninguém sofre sem tesão. O sexo é um desejo de apaziguar o amor. O amor é uma espécie de gratidão à posteriori pelos prazeres do sexo.

O amor vem depois... O sexo vem antes... No amor, perdemos a cabeça, deliberadamente. No sexo, a cabeça nos perde. O amor precisa do pensamento.

No sexo, o pensamento atrapalha... só as fantasias ajudam. O amor sonha com uma grande redenção. O sexo só pensa em proibições... não há fantasias permitidas. O amor é um desejo de atingir a plenitude. Sexo é o desejo de se satisfazer com a finitude.

O amor vive da impossibilidade sempre deslizante para a frente... O sexo é um desejo de acabar com a impossibilidade. O amor pode atrapalhar o sexo. Já o contrário não acontece. Existe amor com sexo, claro, mas nunca gozam juntos.

Amor é propriedade. Sexo é posse. Amor é a lei... sexo é invasão de domicílio.

Amor é o sonho por um romântico latifúndio... já o sexo é o MST. O amor é mais narcisista, mesmo quando fala em "doação". Sexo é mais democrático, mesmo vivendo no egoísmo. Amor e sexo são como a palavra farmakon em grego: remédio ou veneno. Amor pode ser veneno ou remédio. Sexo também - tudo dependendo das posições adotadas.

Amor é um texto. Sexo é um esporte. Amor não exige a presença do "outro"... o sexo, no mínimo, precisa de uma "mãozinha". Certos amores nem precisam de parceiro; florescem até mais sozinhos, na solidão e na loucura. Sexo, não - é mais realista. Nesse sentido, amor é uma busca de ilusão. Sexo é uma bruta vontade de verdade. Amor muitas vezes é uma masturbação. Sexo, não. O amor vem de dentro, o sexo vem de fora, o amor vem de nós. O sexo vem dos outros.

Não somos vítimas do amor... só do sexo. "O sexo é uma selva de epilépticos" (Nelson Rodrigues) ou "o amor, se não for eterno, não era amor" (NR). O amor inventou a alma, a eternidade, a linguagem, a moral. O sexo inventou a moral também do lado de fora de sua jaula, onde ele ruge.

O amor tem algo de ridículo, de patético, principalmente nas grandes paixões. O sexo é mais quieto, como um caubói - quando acaba a valentia, ele vem e come. Eles dizem: "Faça amor, não faça a guerra." Sexo quer guerra. O ódio mata o amor, mas o ódio pode acender o sexo. Amor é egoísta; sexo é altruísta. O amor quer superar a morte. No sexo, a morte está ali, nas bocas... O amor fala muito. O sexo grita, geme, ruge, mas não se explica.

O sexo sempre existiu - das cavernas do paraíso até as saunas relax for men.

Por outro lado, o amor foi inventado pelos poetas provençais do século 12 e, depois, revitalizado pelo cinema americano da direita cristã. Amor é literatura. Sexo é cinema. Amor é prosa... sexo é poesia. Amor é mulher... sexo é homem - o casamento perfeito é do travesti consigo mesmo. O amor domado protege a produção, sexo selvagem é uma ameaça ao bom funcionamento do mercado. Por isso, a ÚhN!CA maneira de controlá-lo é programá-lo, como faz a indústria das sacanagens. O mercado programa nossas fantasias. Não há "saunas relax" para o amor, onde o sujeito entre e se apaixone. No entanto, em todo bordel, finge-se um "amorzinho" para iniciar. O amor está virando um hors-d'oeuvre para o sexo.

O problema do amor é que dura muito, já o sexo dura pouco. Amor busca uma certa "grandeza". O sexo sonha com as partes baixas. O perigo do sexo é que você pode se apaixonar. O perigo do amor é (virar amizade). Com camisinha, há "sexo seguro", mas não há camisinha para o amor.Porque né?!

O amor sonha com a pureza. Sexo precisa do pecado. Amor é a lei. Sexo é a transgressão. Amor é o sonho dos solteiros. Sexo o sonho dos casados. A (O) amante sacia nossa fome de verdade, mata nossa nostalgia da animalidade.

Sexo precisa da novidade, da surpresa. O grande amor só se sente no ciúme (Proust). O grande sexo sente-se como uma tomada de poder. Amor é de direita. Sexo de esquerda (ou não, dependendo do momento político...rs

Atualmente, sexo é de direita. Nos anos 60, era o contrário. Sexo era revolucionário e o amor era careta). E, por aí, vamos. Sexo e amor tentam mesmo é nos afastar da morte. Ou não; sei lá... e-mails de quem souber para contato@agenciawmd.com.

Mulheres (PARTE II)


A mulher é poesia. O homem é prosa... Isso não quer dizer que mulher seja do bem e o homem do mal. Não. Muitas vezes, seus abismos são venenosos, seu mistério nos mata. A mulher quer ser possuída... mas não só no sexo, tipo “me come todinha”. Falam isso no motel, para nos animar... O homem é pornográfico; a mulher é amorosa. A pornografia é só para homens. A mulher quer ser possuída em sua abstração, em sua geografia mutante, a mulher quer ser descoberta pelo homem para ela se conhecer. Ela é uma paisagem que quer ser decifrada pelas mãos e bocas dos exploradores. Ela não sabe quem é. Mas elas também não querem ser opacas, obscuras. Querem descobrir a beleza que cabe a nós revelar-lhes. As mulheres não sabem o que querem; o homem acha que sabe. O masculino é certo; o feminino é insolúvel. O homem é espiritual e a mulher é corporal. A mulher é metafísica; homem é engenharia. A mulher deseja o impossível; desejar o impossível é sua grande beleza. Ela vive buscando atingir a plenitude e essa luta contra o vazio justifica sua missão de entrega. Mesmo que essa “plenitude” seja um “living” bem decorado ou o perfeito funcionamento do lar. O amor exige coragem. E o homem... é mais covarde. O homem, quando conquista, acha que não tem mais de se esforçar e aí , dança...



A mulher é muito mais exilada das certezas da vida que o homem. Ela é mais profunda que nós. Ela vive mais desamparada e, no entanto, mais segura. A vida e a morte saem de seu ventre. Ela faz parte do grande mistério que nós vemos de fora, com o pauzinho inerme. Ela tem algo de essencial, tem algo a ver com as galáxias. Nós somos um apêndice...



Hoje em dia, as mulheres foram expulsas de seus ninhos de procriação, de sua sexualidade passiva, expectante e jogadas na obrigação do sexo ativo e masculino. A supergostosa é homem. É um travesti ao contrário. Alguns dizem que os homens erigiram seus poderes e instituições apenas para contrariar os poderes originais bem superiores da mulher.



As mulheres sofrem mais com o mal do mundo. Carregam o fardo da dor histórica e social, por serem mais sensíveis e mais fracas. Os homens, por serem fálicos, escamoteiam a depressão e a consciência da morte com obsessões bélicas, financeiras ou políticas. As mulheres agüentam firmes a dor incompreendida. O mundo esta tão indeterminado que está ficando feminino, como uma mulher perdida: nunca está onde pensa estar. O mundo determinista se fracionou globalmente, como a mulher. Mas não é o mundo delicado, romântico e fértil da mulher; é um mundo feminino comandado por homens boçais. Talvez seja melhor dizer um mundo travesti. O mundo hoje é travesti.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Coisinha Legal pra vc fazer...

Vá no Google, digite: "maior mentiroso do brasil" (Entre aspas mesmo), clique em Estou com sorte, e veja o que aparece.

Feliz "HUMOR" Novo!!!!


Não importa quais os seus planos para o novo ano, não vou repetir o "Feliz Ano Novo" que você já recebeu de montão... o que desejo a você de verdade é um "Feliz Humor Novo"... porque se tudo aquilo que você planejou para o novo ano der errado, tem uma coisa que ainda pode dar certo: o humor.

Você não ri quando vê o Sr.Barriga levar uma bolada na cara na cara? Ou quando o Tom se arrebenta na hora de pegar o Jerry? Oras... lembre-se do quanto você riu dos dois ladrões de "Esqueceram de mim"! E eles só se lascaram, não foi?

Entendeu agora por que desejo a você um "Feliz Humor Novo"? É porque o bom humor é algo que depende mais de você do que dos outros ou das circunstâncias... e é uma das coisas que mais influenciam os outros e faz com que gostem de você...

Se há uma coisa que me tira do sério são pessoas que saem do sério por qualquer coisa... E quando digo que saem do sério, não é por ficarem risonhas e divertidas, muito pelo contrário... nessa nossa misteriosa língua portuguesa, na qual "pois não" quer dizer "sim" e "pois sim" quer dizer "não", sair do sério significa ficar mais sério ainda...

Sair do sério significa perder o senso de humor, que é outra palavra que pode significar mais de uma coisa... além do humor ser a capacidade de rir da piada sem precisar que o outro explique... e um estado de espírito alternativo para encarar os reveses da vida, humor é também o nome dado a alguns fluidos secretados pelo corpo, como a bile...quer dizer que quando vem aquele gosto amargo na boca, isso é humor? ...pois é, eu também não entendi...mas até que faz sentido, se você pensar que existe também o mau humor, que está para o bom humor assim como o mau colesterol está para o bom colesterol.

Só que aí as coisas funcionam ao contrário. Geralmente o mau colesterol você ganha quando está de bom humor, depois de comer aquela bela picanha bem gorda e tirar uma soneca de três horas na rede. E o bom colesterol? Troque a picanha por um suco de alfafa e vá malhar durante três horas.... depois tente sorrir.

...mas, independente do que você come, o bom humor pode ter o papel de um bom colesterol... pessoas bem humoradas são mais ativas, felizes e positivas... atacam menos o fígado — delas e dos outros — e não precisam tomar antidepressivo...pelo menos essa é minha opinião, mas se você discordar e achar minha teoria uma piada... então ria... também vai funcionar.

Um ano ÚhN!CO pra vc´s!!!!!!!!!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

TÉCNICA DE CONTROLE DO SUSTO

Oh ÚhN!CO eu...



Em cada 1.000 homens, 354 não são exatamente homens, isto é, não gostam exatamente de mulheres.

Dos 646 restantes, 277 já são casados, e na maioria com mulheres horríveis.

Dos 369 restantes, 52 são impotentes, o que significa que não terão a menor utilidade para aquilo que a mulher mais gosta de fazer com o marido.

Dos 317 restantes, 113 vivem completamente duros, e só vão dar despesa para a mulher.

Dos 204 restantes, 3 são adeptos de estranhas práticas sadomasoquistas, é pouco provável que uma mulher escape inteira depois de passar algumas noites com ele.

Dos 201 restantes, 12 estão em idades que não tem qualquer interesse por mulher, pois ainda não saíram da infância.

Dos 189 restantes, 36 não são casados, mas têm filhos, e passam dia sim dia não dedicados a eles, o que significa que nem vão lembrar que a mulher existe (a não ser para tomar conta das pestinhas).

Dos 153 restantes, 18 são desquitados e gastam tanto com pensões para suas ex-mulheres que dificilmente poderão dar conforto para mais uma.

Dos 135 restantes, 11 são ligados a perigosos marginais, e estão sempre correndo o risco de deixar a mulher viúva antes do tempo.

Dos 124 restantes, 22 são polígamos por natureza, isto é, já são casados, e cedo ou tarde acaba-se descobrindo.

Dos 102 restantes, 18 são tão porcos, mas tão porcos, que nenhuma mulher agüenta ficar uma semana casada com eles.

Dos 84 restantes, 67 gostam de encher a cara e depois encher a esposa de porrada, o que pode ser muito ruim para a saúde da mulher.

Dos 17 restantes, 10 não têm a menor vocação para o trabalho, o que significa que será a mulher que terá que sustentar o lar.

Dos 7 restantes, 6 pelo menos passam tanto tempo trabalhando que não sobra tempo algum para a uma relação de afeto e compromissos do matrimônio.

O ÚhN!CO eu restante de cada mil, é meigo, dócil, carinhoso, não bate em mulher, é inteligente, sensível e tem um monte de qualidades boas, portanto figura na lista de animais raríssimos e em extinção...confira a foto dele ai encima.

afinal...
para cada mil homens, há 1.234 mulheres.

Procura-se um cambista!!!!

Psicologia....?



Os hábitos e atitudes dos pais influenciam muito a conduta dos filhos...opa mas é preciso deixar claro que os pais também cometem erros, e que lutam para melhorar...

o que será q os pais do Pac Man faziam com ele até os sete anos hein?

... só pra lembrar que aqui você pode jogar o Pac Man... é so rolar a página para baixo e ficar atento ao lado esquerdo da pagina ... oka?!

Mulheres (PARTE I)



Mulher .. mulheres ...ruin com elas pior sem elas... o filha da p#<>?:`que vomitou essa frase foi muito feliz... tão feliz que eu acho que quem inventou essa frase nao foi homen... foi uma mulher... ou os dois...enfim...Por isso, vou falar um pouco de mulher, eu que mal as entendo na vida... não falarei das coxas e seios e bumbuns...Falo de uma aura mais fluida que as percorre...

Gosto do olhar de onça, parado, quando queremos seduzi-las, mesmo sinceramente, pois elas sabem que a sinceridade é volúvel, não perdura... Um sorriso de descrédito lhes baila na boca quando lhe fazemos galanteios, mas acreditam assim mesmo, porque elas querem ser amadas, muito mais que desejadas... Elas estão sempre fora da vida social, mesmo quando estão dentro. Podem ser as maiores executivas , mas seu corpo lateja sob o tailleur e lá dentro os órgãos estranham a estatística e o negócio. Elas querem ser vestidas pelo amor. O amor para elas é um lugar onde se sentem seguras, protegidas...

o termômetro das mulheres é: “estou sendo amada ou não? Esse bocejo, seu rosto entediado... será que ele me ama ainda?” A mulher não acredita em nosso amor... quando tem certeza dele, pára de nos amar... A mulher precisa do homem impalpável, impossível. As mulheres têm uma queda pelo canalha. O canalha é mais amado que o bonzinho. Ela sofre com o canalha, mas isso a justifica e engrandece, pois ela tem uma missão amorosa: quer que o homem a entenda, mas isso está fora de nosso alcance... A mulher pensa por metáforas... o homem por metonímias. Entenderam? Claro que não. Digo melhor, a mulher compõe quadros mentais que se montam em um conjunto simbólico sem fim, como a arte... o homem quer principio, meio e fim... Não estou falando da mulher sociológica, nem contemporânea, nem política. Falo de um sétimo órgão que todas têm, de um “ponto G” da alma.


Mulher não tem critério; pode amar a vida toda um (vagabundo) que não merece ou deixar de amar instantaneamente um sujeito (devoto)... nada mais terrível que a mulher que (cessa) de te amar. Você vira um corpo sem órgãos, você vira também uma mulher abandonada.

Toda mulher é “Bovary”...e para serem amadas, instilam medo no coração do homem...Carinhosas, mas com perigo no ar... A carinhosa total entedia os machos...ficam claustrofóbicos... O homem só ama profundamente no ciúme. Só o corno conhece o verdadeiro amor. Mas, curioso, a mulher nunca é corna, mesmo abandonada, humilhada, não é corna. . O homem corneado, carente, é feio de ver. A mulher enganada ganha ares de heroína, quase uma santidade... É uma fúria de Deus, é uma vingadora, é até suicida... Mas nunca corna. O homem corno é um palhaço. Ninguém tem pena do corno. O ridículo do corno é que ele achava que a possuía. A mulher sabe que não tem nada, ela sabe que é um processo de manutenção permanente. O homem só vira homem quando é corneado. A mulher não vira nada nunca... Nem nunca é corneada...pois está sempre se sentindo assim... Como no homossexualismo: a lésbica não é viado.

...

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Missa do Galo



O papa alertou nesta segunda-feira, durante a tradicional Missa do Galo, que a humanidade está tão ocupada consigo mesma que Deus nunca é notado. Se Deus fosse esperto como o papa usaria um chapéu daqueles que ele usa. Ninguém passa despercebido com aquilo na cabeça.

A missa, que foi transmitida por 88 redes de televisão de 66 países dos cinco continentes, começou com o anúncio do nascimento do Senhor. Um verdadeiro furo de reportagem! (Se fosse transmitido a 2007 anos atrás).

O papa lembrou o nascimento de Jesus, como Maria lhe envolveu em um pano e lhe deitou em um presépio. Podemos afirmar duas coisas: 1) a memória do papa é tão grande como sua idade. 2) Jesus veio pra terra na hora errada. Naquela época o representante de Deus dormia em qualquer lugar. Hoje em dia eles habitam palácios.

Bento XVI também lamentou o estado no qual se encontra o planeta, devido ao "abuso das fontes de energia e de sua exploração egoísta e inconseqüente". E ele tem toda razão. Você já viu como o planeta e algumas pessoas sofrem para que sejam, por exemplo, extraída uma quantia significativa de pedras preciosas pra se fazer um cajado de ouro maciço como o que ele usa por aí?

O Pontífice continuou dizendo que quanto mais os homens enriquecem, menos espaço dão para a entrada do outro. Ele só diz isso porque não conhece o Wolf Maia. Ele é um dos caras mais ricos e sempre deixa os outros entrarem nele.

Bento XVI voltará na terça-feira à Basílica para realizar a bênção Urbi et Orbi ("para a cidade e para o mundo", em latim). Se as companhias aéreas adotassem a mesma estratégia de comunicação mundial do papa, ao invés de ouvirem no avião "atention please, fasten your seatbelts" ouviria "atentionarium porfavorium, afivelarium seu cintium de segurancium".

O papa disse também que todos deveriam parar de falar e agir incansavelmente para mudar a situação do mundo e ajudar os necessitados. Depois da missa ele foi descansar em seu lençol de seda, onde aguarda ansiosamente seu café de manhã natalino, que será entregue na santa cama.

Nunca entendi a missa do Galo. Ela é rezada em latim não em cacarejo. Já viu alguém servindo milho ao invés de óstia nessa missa? A mãe do galo não é uma galinha? Isso não pode pegar mal pra uma religião que afirma que sua deusa-mãe é virgem?

Acho que toda missa deveria ser do Galo. Tira o padre, coloca o galo. Pelo menos isso manteria as pessoas acordadas durante a missa.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Feliz Natal ...

 




Passe o mouse encima da nota para ler os recadinhos...
Boas Festas!!!!!!!!!!

Que seu natal seja ÚhN!CO !!!!!!!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007



Nós já aderimos a esta campanha... e vc?

Para ver o site Clique Aqui

Fonte ÚhN!CO: Criativo de Galochas